Argyreia Nervosa - Trepadeira Elefante

Já passando da metade da semana, amanhã já é sexta depois estou livre, e, é no final de semana que tenho a possibilidade de ser eu mesmo sem as obrigações do dia-a-dia, em constante processo de mudança, sempre buscando de formas criativas de expandir a mente. Para muitos, o uso de “alucinógenos” (não gosto de usar essa palavra) fica meramente na satisfação momentânea, não culpo as pessoas por terem esse comportamento, infelizmente a maioria não sabe fazer o uso consciente de todos benefícios que a terra nós dá, isso em todos os sentidos. São muitos os problemas relacionados a essa ausência de consciência, o uso indevido dos alucinógenos é destrutivo e se torna uma ferramenta de alienação, o oposto do que os mesmos podem causar, gosto de navegar no meu universo mental, chegar a lugares inexplorados, buscar no subconsciente o verdadeiro eu.
Mas voltando ao final de semana, pretendo ter minha primeira experiência com a Argyreia Nervosa ou Trepadeira Elefante, por algum tempo busco nas plantas enteogenas maneiras de navegar, nessas buscas tive contato com essa planta, apesar de ser muito comum no Brasil, tive dificuldade para achar algum lugar que tivesse em abundancia as suas sementes. Bem a planta tem o LSA, efeito semelhante ao LSD, com menos impactos visuais, vale ter a experiência em um lugar de repouso, não em uma festa ou algo do tipo, não é uma planta recreativa, mas não posso dizer exatamente por que ainda não botei na pratica a teoria, mas espero fazer registros dessa experiência e relatar aqui os pontos positivos e negativos.
Vou postar o conteúdo que encontrei em um site internacional relacionado ao uso correto dessa planta, adaptei por que o original estava em português de Portugal, espero que sirva de guia caso alguém tenha curiosidade do uso.Trepadeira Elefante (Argyreia Nervosa)
A trepadeira elefante (Argyreia nervosa) é uma planta da família Convovulaceaes, que também inclui a glória-da-manhã (Ipomoea tricolor). Estas contêm uma triptamina natural com o nome de amina de ácido lisérgico (LSA), quimicamente relacionada com o LSD. As sementes são consumidas por via oral, inteiras ou após extração dos alcalóides ativos.

Efeitos
Efeitos similares aos do LSD, mas com menos intensidade e visuais. A trip dura 6-8 horas; a sensação de tranquilidade pode durar cerca de 12 horas ou mais. O sono é profundo e refrescante depois da trip. No entanto, algumas pessoas podem experimentar uma ressaca caracterizada por visão turva, vertigens, e inquietação física.
Náuseas e outros problemas de estômago são efeitos secundários bastante comuns do consumo da trepadeira elefante, não causados pelo LSA, mas por outros compostos das sementes. Esta é a razão pela qual alguns utilizadores preferem extrair o LSA das sementes ao tomar inteiras.

Uso
Como o uso é oral, o início da trip é afetado pelos últimos alimentos ingeridos (jejuar por 4-6 horas antes de comere as sementes). A dose usual é de 4 a 8 sementes. Alguns conhecedores experientes aconselham não mais que 2 ou 3 na primeira vez. Estas devem ser bem mastigadas de modo a que as substâncias ativas possam ser absorvidas pela saliva.

Aqui uma receita para um funcionamento mais eficiente das sementes:
1. Remove qualquer casca restante, lixando com uma lixa de unhas nova, cortar as sementes aos bocadinhos com uma faca ou uma tesoura.
2. Colocar numa caneca com água pela metade, não fervente mais quente.
3. Deixa repousar durante pelo menos 1½ hora para que a água esfrie até à temperatura ambiente. Os alcalóides dissolvem-se na água a uma determinada temperatura atingida durante o esfriamento.
4. Beber a água juntamente com as sementes.

0 comentários:


 

tudo livre por garganta sativa